sábado, 3 de março de 2012

Web aula: Povoamentos florestais

Povoamento florestal é uma parte da floresta que se distingue evidentemente do resto da floresta por causa da sua estrutura e composição especifica particulares de espécies arbóreas e o tamanho mínimo situa-se entre 0.5 - 1 ha.

De acordo com a estrutura os povoamentos florestais podem ser equiânos ou inequiânios:

Povoamentos equiânios, também designados por povoamentos regulares ou coetâneos, são aqueles que em determinado momento, as árvores pertencem à mesma classe de idade, isto é, a diferença de idades entre as árvores jovens e adultas não é superior a 20 % da idade de rotação.

Povoamentos equiâneos, normalmente são povoamentos artificiais e poucos deles, senão nunca, são encontrados como povoamentos naturais, dada a dificuldade que existe de se conhecer a idade real das florestas nativas. Por exemplo, se a idade de rotação de um povoamento for de 50 anos, este será considerado equiâneo, se a diferença de idades entre as árvores jovens e adultas for inferior a 10 anos.

Povoamentos inequiânios, também designados por irregulares ou disetâneos, são aqueles que possuem pelo menos três classes de idade misturadas no mesmo povoamento. Os povoamentos inequiânios podem ser naturais ou artificiais. A floresta de miombo é um exemplo típico deste de povoamentos inequiânios.

Quanto à composição os povoamentos podem ser puros ou mistos:

Povoamentos puros são os constituídos por uma ou muito poucas espécie arbóreas e normalmente são artificiais (plantações), mas também podem ser naturais. Para povoamentos artificiais, podem servir de exemplos as plantações do projeto FO2 localizados em Marracuene (Maputo), Nova-Chaves (Nampula) entre outros locais e para os povoamentos naturais servem de exemplos, a floresta de mangal e mopane.

Os povoamentos puros (naturais) podem ser o resultado da força de concorrência superior de uma determinada espécie arbórea, condições extremas devido ao clima (geadas, secas, fogos, pragas ou doenças, etc.), devido ao solo (solos permanentemente inundados, salinos, etc.) devido a topografia (terreno íngreme e acidentado, montanhoso, etc.).

Povoamentos mistos são os constituídos por várias espécies arbóreas, de tal forma que todas influenciam e determinam as circunstancias do meio ambiente do povoamento, por exemplo, a floresta miombo, as pradarias, etc. Entre os fatores responsáveis pela formação de povoamentos mistos, destaca-se a coincidência de nichos ecológicos e equilíbrio de concorrência entre várias espécies arbóreas do povoamento.

Manual de Silvicultura Tropical

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...